Break time

 

Agradeço muito aos leitores deste blogue, que compartilharam comigo, durante este ano de 2010, quase 500 posts. Vocês fizeram parte de todos os meus dias, as manhãs, as tardes e as longas noites. A tudo que faço entrego uma parte da minha alma e elaborar estes artigos, quase sem pausas, exigiu uma boa dose de dedicação e, por que não dizer, certo sacrifício. Conciliar trabalho, casa, família e uma agenda apertada de compromissos diversos, não é tarefa fácil. Para complicar,  moro em uma das maiores cidades do mundo e o estilo de vida das grandes metrópoles impõe dificuldades que agregam uma considerável dose de estresse a quem nelas habita e eu não estou isenta. Dormi muito pouco este ano, de 3 a 4 horas por noite! Por tudo isso, acho que é chegada a hora de uma pausa.

Este foi um ano sabático para os musos inspiradores  deste blogue, mas eu não descansei um segundo!  Os acessos a este espaço na Net mostram que a boa música está marcada com os auspícios da durabilidade. No fundo, Il Divo representa a marca da eternidade da qualidade musical. Os rapazes quase não deram as caras este ano, o site oficial está inoperante,  em processo de reelaboração e, embora o fórum de lá esteja em funcionamento, o grupo não se fez presente, exceto Carlos, para anunciar o fim do namoro com Kim Sharma.  Da mesma forma, as notícias na mídia foram escassas e vinculadas aos quatro  shows realizados neste ano, em Dubai, no Líbano, na Jordânia e no Vietnã. Nenhuma notícia oficial foi divulgada sobre o próximo álbum do grupo. O que sabemos derivou de uma mensagem de Carlos para um site de fãs e de uma entrevista concedida pelo mesmo à TV Espanhola.  Embora este blogue não seja jornalístico, eu me preocupei em abastecê-lo com conteúdo informativo, compilando matérias publicadas na mídia e buscando, sempre que possível, um conteúdo interessante, atualizado e relevante para a comunidade mundial de fãs.

Apesar da escassez de notícias e informações, nunca me faltou motivação.  O crescente número de acessos e os comentários incentivadores que recebi foram de grande valor. Este blogue, até porque ele se limita e gira em torno de um tema único, é lido basicamente por fãs do grupo.  Eu me sinto muito orgulhosa de saber que ele está divulgado na comunidade de blogues  de língua portuguesa, em Portugal.  Curiosamente, tentei divulgá-lo entre os blogueiros brasileiros, mas recebi, certa vez, uma resposta de que não possuía conteúdo relevante ou diversificado. Diante deste quadro, limitei a divulgação nas minhas contas nas redes sociais. Hoje sei que o mais importante não é o que os outros pensam, mas fazer um trabalho coerente com meus desígnios pessoais. Lembro da pequena Anne Frank quando escreveu seu diário, escondida em um anexo, nos fundos da propriedade de sua família. Trancafiada, destituída de sua liberdade e na clandestinidade, ela escrevia para preencher seu tempo e como forma de expressão pessoal. Após sua morte precoce e trágica, em um campo de concentração nazista, seus escritos se eternizaram como um testemunho das crueldades da Segunda Guerra. Era um simples diário de uma adolescente mas, se não fosse escrito, o mundo teria perdido um precioso relato. O relato fez viva a memória de uma linda menina que, embora falecida muito jovem, permaneceu entre nós, por meio de seus escritos.

Pois é, aprendi muita coisa fazendo meus posts aqui.  E escrever é um ato de exteriorizar uma parte de nós e é nisto que reside a força da comunicação.  A paixão com que me coloquei aqui foi o melhor que pude oferecer aos leitores e, na mesma medida, tive o retorno carinhoso e respeitoso do público.

E, imbuída destes mesmos sentimentos, que faço os últimos posts deste ano. Espero retornar no próximo com boas notícias, especialmente  o lançamento de um novo CD e o anúncio de uma próxima turnê. Infelizmente, não poderei em 2011 postar aqui  com a mesma freqüência deste ano. Como a mudança é sempre recomendável e benéfica, pretendo introduzir uma nova categoria para as postagens, de forma a abrir o leque de abrangência deste blogue. Isto é algo que minha atual necessidade de auto-expressão demanda.

Sei que o momento não é propício para polêmicas, mas não posso me omitir quanto a determinados fatos.  A formação do grupo não é espontânea e foi um projeto de Simon Cowell, o poderoso dono da SYCO Music.  Embora a gravadora de Simon esteja voltada para abrigar os artistas oriundos dos concursos de novos talentos televisivos – American Idol, X-Factor e Britain´s Got Talent – de que também é dono; Il Divo, por ser  um artista diferenciado, deve receber o tratamento que todas as gravadoras de músicas destinam aos seus principais contratados. É um parâmetro de justiça.  Se Simon reuniu o quarteto, este tem grande responsabilidade na continuidade do Il Divo.

Não, eu não vou adular Simon! Ele não precisa disto e ademais, deve ter um bando de aduladores de plantão fazendo isto. Eu me valho da mesma sinceridade que tornou o dono da SYCO Music mundialmente conhecido e um bem sucedido homem de negócios.

Simon tem o compromisso de lançar os artistas que se destacam em seus  programas de TV. Os calouros revelados neste tipo de programa querem iniciar suas carreiras pelo atalho da fama. Um artista que opta por este tipo de divulgação corre sérios riscos. Quem quer prosseguir na carreira musical, como em qualquer outra, deve percorrer as etapas necessárias para atingir seus objetivos. Trata-se de uma prova de confirmação de escolha. E quem quer fazer seu trabalho não pode depender da intermediação de um corpo de jurados, nem da aprovação popular, tal como observamos nos programas de calouros da TV.  Lembro que renomados e talentosos artistas passaram, muitas vezes, por grandes dificuldades e muitos deles morreram na pobreza e até na miséria. Mas as obras que deixaram transcenderam a existência deles, muitas vezes curta, e perduraram no tempo. A obra é extensão do autor e uma forma de expressão e isto não depende de aprovação de ninguém. E se o público consagra o artista, isto não está vinculado necessariamente com a indústria de celebridades e a busca desenfreada por fama e dinheiro.

Independentemente do que ocorra com Il Divo, espero que Carlos, David, Sébastien e Urs sejam bem sucedidos nas suas carreiras. Eu torço pela felicidade deles e daqueles que eles amam.

Il Divo não conquistou seus admiradores pela fama obtida por atalhos. Faço estas ponderações porque a situação do grupo apresenta-se atípica, desde o início de sua carreira. Mas isto pode ser corrigido e só me resta torcer!

 

Many thanks to readers of this blog, who shared with me during this year 2010, almost 500 posts. You were part of all my days, mornings, afternoons and long nights. In everything I do give a part of my soul and prepare these articles, almost without pause, required a good deal of dedication and, dare we say, certain sacrifice. Balance work, home, family and a tight schedule of various commitments, no easy task. To complicate matters, I live in one of the largest cities in the world and lifestyle of large cities poses difficulties that add a considerable amount of stress to those who dwell in them and I’m not exempt. I slept very little this year, from 3 to 4 hours per night! For all that, I think it’s time for a break.

This was a sabbatical year for the inspiring “muses” of this blog, but I did not rest a second! Accesses to this space on the Net show that good music is marked with the auspices of durability. Basically, Il Divo is the mark of the eternity of musical quality. The boys barely turned their faces this year, the official site is down, in the process of redesigning and although the forum is running there, the group was absent, except Carlos, to announce the breakup with Kim Sharma . Likewise, the news media were scarce and linked to four shows made this year in Dubai, Lebanon, Jordan and Vietnam. No official announcement was released on the group’s next album. What we know derived from a message from Carlos to a fan site and an interview on Spanish TV . Although this blog has not as objective the journalism, I bother to supply it with information content, compiling materials published in the media and seeking, where was possible, interesting, updated and relevant content to the world community of fans.

Despite the scarcity of news and information, I never lacked motivation. The increasing number of hits, as well as encouraging comments I received were invaluable. This blog, because it is limited and revolves around a single theme, is read mostly by fans of the group. I feel very proud to know that it is posted on the community blogs of Portuguese language in Portugal. Interestingly, I tried to disseminate it among Brazilian bloggers, but I got one time, a response that did not have relevant content or diversified. Facing this, I limited the disclosure on my accounts in social networks. Today I know that the most important is not what others think, but do a job consistent with my personal designs. I remember when the little Anne Frank wrote her diary, hidden in an appendix at the back of his family estate. Imprisoned, deprived of their liberty and in hiding, she wrote to fill his time and as a means of personal expression. After his tragic early death and, in a Nazi concentration camp, his writings became eternal as a witness of the cruelties of World War II. It was a simple diary of a teenager but had it not been written, the world would have lost a precious story. The report made alive the memory of a beautiful girl, who died too young, but remained between us immortalized in his writings.

Yeah, I learned a lot doing my posts here. And writing is an act of externalizing a part of us and this is where lies the power of communication. The passion with which I put here was the best I could offer for the readers and to the same extent, I had the return affectionate and respectful of the public.

And imbued with these sentiments, I do the last posts of this year. I hope to return next with good news, especially the launch of a new CD and the announcement of an upcoming tour. Unfortunately, I can not post here in 2011 with the same frequency this year. As change is always advisable and beneficial. I intend to introduce a new category for posts in order to open the range of coverage of this blog. This is something that my current need for self-expression demands.

I know that time is not conducive to controversy, but I can not omit about certain facts. The group’s formation is not spontaneous and was a project of Simon Cowell, the powerful owner of Syco Music. Although Simon’s record label is turned to the artists from the television talent competitions – American Idol, X Factor and Britain’s Got Talent – which also owns, Il Divo, being a distinguished artist, should receive the treatment that all music labels are designed with its main contractors. It is a measure of justice. If the quartet was created by Simon, he has great responsibility for the continuity of Il Divo.

No, I will not flatter Simon! He did not need it and besides, must have a bunch of sycophants doing this on duty. I’m worth the same sincerity that made the owner of Syco Music known worldwide and a successful businessman.

Simon is committed to launch the artists who excel in their TV shows. The freshmen revealed in this type of program they want to start their careers by the shortcut to fame. An artist who chooses this type of disclosure is in serious danger. Who wants to pursue the musical career, like any other, must go through the steps necessary to achieve their goals. This is a confirmation test of choice. And who wants to work can not depend on the intermediation of a jury, or popular approval, as we see in TV programs for freshmen. I remember that famous and talented artists have passed many times through great difficulties and many of them died in poverty and even misery. But the works they left transcended the existence, often short, and persisted over time. The work is an extension of the author and a form of expression and it does not depend on approval from anyone. And if the public establishes the artist, this is not necessarily linked with celebrities  industry  and unbridled quest for fame and money.

Regardless of what happens with Il Divo, I hope that Carlos, David, Sebastien and Urs are successful in their careers. I put my best thinking in the sense of happiness from them and those they love.

Il Divo has not won admirers for the fame achieved by shortcuts. I do these weights because the group’s situation presents itself in an atypical way, since the beginning of its career. But this can be changed and I hope it happens!

7 pensamentos sobre “Break time

  1. Eu me orgulho muito de ter este espaço desvinculado e independente. Os fãs também tem senso crítico! Eu tenho muita satisfação em ler tudo o que vocês escrevem. Nós escrevemos com o coração aberto e assim sendo, coerentes com nossa verdade interior.
    Beijos.
    I’m so proud to have this space detached and independent. Fans also have a critical sense! I am very pleased to read everything you write. We write with an open heart and therefore, consistent with our inner truth.
    Kisses.

  2. Olá Lú,
    Obrigada!!!
    Esta palavra resume o respeito e a confiança que tenho por suas postagens neste blog. Sempre me identifiquei com a sua escrita clara, objetiva e certeira, mesmo em seus posts em outros blogs sobre o Il Divo.
    Sinta-se honrada pelo seu trabalho e pela sua integridade em compartilhar conosco os seus conceitos, sentimentos e emoções!!
    Se os alguns não lhe compreendem… Problema deles!! Não vamos conseguir agradar a todo mundo!! Bem na verdade, devemos ser verdadeiros primeiramente com os nossos ideais!!
    Desejo á você um Natal repleto de presentes do “coração” e um Ano Novo com mudanças positivas e muitas conquistas!! Pelo visto, você mais que merece!!!
    A todos os fãs do Il Divo: que 2011 nos traga de volta os nossos belos meninos e suas encantadoras vozes mais alto estilo. Eles merecem e nós também!!!
    Felicidades á todos!!
    Um big abraço,
    Adri Cristina

  3. We have spoken of this at length, Lu. It needs to be said. A captain cannot abandon his ship and be seen to be abandoning ship.

    Simon has nothing left to prove in this industry he does it because he can. Fame = money = power and he has plenty of all three. What he can and will not ever take away, is the natural talent of these four guys who have so won our hearts. He was only their navigator. They did the real work. They were marketed as a boy band but never fitted that mantle. They are much too classy for that. So where is that respect from him now?

    But in an industry as powerful as his even talent such as theirs has a way of falling to the wayside. He should be ashamed. Too many rats and too many sycophants (is that why he calls his company Syco..??). I am not impressed either. Those tv shows are a dime a dozen, he just does it to amuse himself and make more and more money. Give someone 15 minutes of fame, manipulate their selling power for maximum effect, make all the money out of them that he can and then throw them out with the bath water when they have passed their use-by date. It is a cruel fact of big business. He is a man who gets bored very easily, that is obvious.

    Il Divo are better than the crumbs he has been offering. I hope they see sense in the New Year and do what is right for them, not to please the mega-egomaniacal neglect of their former mentor.

    I look forward to your blogs in the New Year. You have done well and I admire all your hard work in making this such a warm and welcoming environment.

    It’s nice to know that there still is genuine caring about these four fabulous guys who have enriched our lives so much.

    Thank you.

    Kisses..

    • Dear Jacqui:
      I really would not be myself if I did not talk about this subject.
      In virtually all reports Il Divo is cited as a creation of Simon, as if the group were a kind of illusory invention. Simon did not find anyone. He just hopes that one in a million to appear in the programs and make the public believe that he is finding someone.
      In the case of Il Divo Simon did not wait, he went in search of professionals.
      And I hope he respects these professionals and also fans of the group.

      Kisses,

      • I think it is way past time Simon realised he in fact can not take all the credit for the success of Il Divo. He did not provide the talent, THEY did. He merely created a pathway for them to follow to amuse himself because one day he was bored and had a vision. Well, that vision is still here six years later and now he is bored again. I don’t think he knows who he is dealing with here. Il Divo are not stupid. Thy are very smart. business-savvy men and that does not seem to bother him. Well, it bothers US. I really hope he comes to his senses too and resumes the respect he showed to the group in the beginning. Disloyalty has a way of following someone around.

  4. Nelva,
    Agradeço seu incentivo e reforço suas palavras. São duas palavras-chaves: BOA MÚSICA. Tudo que defendo é a boa música que não está presente na grande mídia e não recebe os holofotes dos artistas famosos que apresentam uma música mais popular (e, infelizmente, na maioiria das vezes, de pouca qualidade) e que se valem da grande exposição de sua imagem para conquistar o público e, por consequencia, patrocínio, publicidade e merchandising em larga escala.
    Il Divo representa a qualidade musical colocada pelos executivos da mídia e da indústria fonográfica em segundo plano.
    BOA MÚSICA é o que os fãs do Il Divo querem!
    Feliz Natal e que o ano de 2011 lhe traga boas notícias.
    Beijos.

  5. LÚ, AGRADEÇO A DEUS POR TER LHE CONHECIDO (MESMO VIRTUALMENTE) O MUNDO ESTA PRECISANDO DE MAIS PESSOAS COMO VC, ESPECIAL, PELAS SUAS VALIOSAS INFORMAÇÕES, A RESPEITO DE TUDO O QUE ACONTECE COM NOSSOS DIVOS, E O MUNDO DA BOA MUSICA, ENFIM…NÃO TENHO PALAVRAS PARA DIZER O QUANTO ESTE BLOG É IMPORTANTE, DIVAMIGA, QUE O SEU NATAL E O NOVO ANO SEJA CHEIO DE MUITA LUZ E PAZ!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s