Il Divo – o começo

O primeiro álbum do Il Divo, lançado em 2004 e que recebeu um título homônimo, me causou boa impressão do grupo. O design clássico, sóbrio e até um pouco sisudo, a bela foto, que realça o charme e a beleza dos rapazes; os ternos elegantes, o detalhe  delicado e colorido das flores na lapela, o nome do grupo impresso em um tipo de letra bem harmoniosa com a proposta estética visual; enfim, um conjunto de elementos que forma uma composição que chama a atenção pelo requinte sem exageros. A bela estampa da capa  é um passaporte para canções interpretadas por vozes muito bem treinadas e dotadas de  timbres incomuns e vigorosos.

Um bom começo, sem dúvida.

Em vermelho, destaco as as minhas músicas prediletas do álbum. Eu me inclino para um repertório mais clássico e menos popular. Gosto é uma questão subjetiva. Regressa a Mi, por ser tema de uma telenovela, tornou o grupo conhecido  aqui no Brasil, mas virei  efetivamente uma fã, quando ouvi a interpretação harmoniosa de uma canção belíssima do repertório popular como Passerà e  da melodia expressiva  de Nella Fantasia.

Faixas do álbum:
A Mi Manera | Dentro Un Altro Si | Everytime I Look At You | Feelings | Hoy Que Ya No Estas Aqui | Mama | Nella Fantasia | Passera | Regresa A Mi | Sei Parte Ormai Di Me | The Man You Love | Ti Amero | Unchained Melody |
Mesmo sem um tocador de música, sou capaz de fechar os olhos e   ouvir a voz doce  de Sébastien Izambard em Passerà. Parece mel!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s